As Novas Tecnologias de Informação e Comunicação fazem parte do mundo atual, sendo uma forma de como o ser humano se comunica, constrói conhecimento e estabelece novas formas de vínculos subjetivos com outros seres humanos. Portanto, um fato atual que também deve ser contemplado no atendimento de pacientes para cuidados com sua saúde mental.

A Organização Mundial de Saúde prevê que em 2030 a depressão será a segunda causa mais importante de incapacitação de pessoas, precedida apenas pelas doenças cardíacas isquêmicas (Rebello, Marques, Gureje & Pike, 2014).

O atendimento psicoterápico por meios tecnológicos de comunicação à distância possibilita manter o vínculo terapêutico entre psicólogo e seus pacientes que por motivos de locomoção, viagens, situações críticas ao longo do tratamento precisem interromper os encontros regulares no consultório. Em várias situações o atendimento on-line pode ser útil, como em entrevistas iniciais, Transtornos de Adição, Transtorno Depressivo Maior, Transtornos de Ansiedade, Transtornos Alimentares, Transtornos Depressivos e Ideação Suicida, Transtornos de Estresse Pós-traumático, pessoas que residem em áreas afastadas dos grandes centros que encontram dificuldades em encontrar profissionais qualificados para atender problemas de saúde mental, pacientes que estão impedidos de chegarem ao consultório ou por impedimento do próprio estado de saúde mental ou por estar, por exemplo, numa situação de pós-parto, são algumas das possibilidades que impediria o paciente de chegar até ao consultório.

Também consideramos que o acesso a novas tecnologias de informação e comunicação favorecem a inclusão social, permitindo que pessoas possam ser atendidas no âmbito da saúde mental (Telesaúde), por meio de tecnologias mediadas, como psicoterapias on line.

Para tanto os procedimentos para os atendimentos de Psicoterapia mediados por Tecnologia (Psicoterapia on-line), devem ser balizados segundo o Código de Ética do Conselho Federal de Psicologia, oferecer segurança em ambientes protegidos e o profissional ter qualificação em práticas clínicas fundamentadas para a modalidade de atendimentos mediados por tecnologia.

Entre em contato comigo e agende uma entrevista:

Marina S. R. Almeida

Consultora Ed. Inclusiva, Psicóloga Clínica e Escolar

Neuropsicóloga, Psicopedagoga e Pedagoga Especialista

CRP 41029-6

INSTITUTO INCLUSÃO BRASIL

Whatsapp (13) 991773793 ou (13) 34663504

Rua Jacob Emmerich, 365 sala 13 – Centro – São Vicente-SP

CEP 11310-071

marinaalmeida@institutoinclusaobrasil.com.br

www.institutoinclusaobrasil.com.br

https://www.facebook.com/InstitutoInclusaoBrasil/

https://www.facebook.com/marina.almeida.9250

https://www.facebook.com/groups/institutoinclusaobrasil/

 

Atenção: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.

Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br.

Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.