Um neuropsicólogo é um psicólogo especializado na compreensão da relação entre o cérebro físico e o comportamento. O cérebro é complexo e os distúrbios no cérebro e no sistema nervoso podem alterar o comportamento e a função cognitiva.

O papel de um neuropsicólogo é entender como as estruturas e sistemas cerebrais se relacionam com o comportamento e o pensamento.

A avaliação do neuropsicólogo, avalia as funções executivas que refere-se aos processos cerebrais que controlam outros processos cerebrais. As funções executivas incluem, no controle e inibição do comportamento, memória, atenção, flexibilidade, planejamento e solução de problemas.

As pessoas que têm dificuldades em controle dos impulsos, lembrar de coisas, planejar e resolver problemas e ou serem flexíveis apresentarão deficiências importantes no funcionamento social, acadêmico e vocacional.

As pessoas que apresentam Transtorno do Espectro Autista (TEA) comumente sofrem de déficits em muitas ou todas essas áreas, mas há muito pouca concordância ou clareza entre as várias disciplinas envolvidas no tratamento do autismo em relação a quais funções executivas realmente são e como, eles podem ser melhorados.

Neuropsicólogos têm geralmente graduação em Psicologia, também costumam trabalhar em pesquisas, ambientes clínicos e hospitalares.

Os neuropsicólogos avaliam e tratam pessoas com vários tipos de distúrbios do sistema nervoso. Eles trabalham em estreita colaboração com os médicos, incluindo neurologistas.

Doenças, lesões e doenças do cérebro e do sistema nervoso podem afetar o modo como a pessoa se sente, pensa e se comporta.

Certos sintomas e doenças podem exigir que o paciente necessite de uma Avaliação Neuropsicológica com neuropsicólogo, como por exemplo:

  • Dificuldades de memória
  • Perturbações do humor
  • Dificuldades de aprendizagem ( TDAH, Dislexia, Afasias, etc)
  • Disfunção do sistema nervoso
  • Déficit de atenção concentração
  • Hiperatividade
  • Tumores cerebrais
  • Avalição pré e pós cirurgia neurológica
  • Lesões e ou traumas encefálicos
  • Avaliação de doenças degenerativas como Demência, Alzheimer, Parkinson, etc

Se outros médicos não conseguem identificar a causa de um sintoma, um neuropsicólogo pode ajudar a determinar um diagnóstico. Se um diagnóstico já é conhecido, uma avaliação ainda pode ser útil.

Um neuropsicólogo pode ajudar a determinar quais deficiências você pode ter e quão severas elas são.

A seguir, exemplos de condições que eles avaliam e tratam:

Um derrame pode afetar o comportamento, o pensamento, a memória e outras funções cerebrais de maneiras óbvias ou sutis. Eles podem realizar uma avaliação para ajudar a determinar o grau de comprometimento do curso.

A doença de Parkinson, um distúrbio progressivo, pode causar vários problemas neurológicos. Exame de um neuropsicólogo pode fornecer uma linha de base para ajudá-los a determinar a progressão da doença e diminuição da função.

A doença de Alzheimer e outros tipos de demência podem interferir na memória, na personalidade e nas habilidades cognitivas. Um neuropsicólogo pode realizar um exame para ajudá-los a identificá-lo em seu estágio inicial.

As lesões cerebrais traumáticas podem causar uma ampla variedade de sintomas. Um neuropsicólogo pode ajudar a determinar como uma lesão afeta funções como raciocínio ou habilidades para resolver problemas.

Um neuropsicólogo pode ajudar a determinar quais dos muitos tipos de dificuldades de aprendizagem que uma criança, jovem ou adulto está apresentando e desenvolver um plano de tratamento.

Entre em contato comigo e agende uma entrevista:

Marina S. R. Almeida

Consultora Ed. Inclusiva, Psicóloga Clínica e Escolar

Neuropsicóloga, Psicopedagoga e Pedagoga Especialista

CRP 41029-6

INSTITUTO INCLUSÃO BRASIL

Whatsapp (13) 991773793 ou (13) 34663504

Rua Jacob Emmerich, 365 sala 13 – Centro – São Vicente-SP

CEP 11310-071

marinaalmeida@institutoinclusaobrasil.com.br

www.institutoinclusaobrasil.com.br

https://www.facebook.com/InstitutoInclusaoBrasil/

https://www.facebook.com/marina.almeida.9250

https://www.facebook.com/groups/institutoinclusaobrasil/

Atenção: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.

Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br.

Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.