A psicologia escolar é a prática da psicologia aplicada a aprendizagem, compreendendo a relação dás crianças, jovens, adultos e suas famílias num sistemas escolar. Está pratica está atravessada por outros saberes de muitas disciplinas, incluindo psicologia do desenvolvimento, psicologia social e psicologia educacional.

Com suas raízes mais profundas em psicologia e educação, a psicologia escolar está preocupada em melhorar a experiência educacional dos alunos por meio de várias intervenções, programas e políticas que promovem o bem-estar social, emocional, comportamental e acadêmico. O bem-estar é promovido em vários níveis – individualmente com alunos ou famílias, ou em todo o sistema com o corpo docente, administração ou o corpo discente.

O psicólogo escolar também intervém para melhorar problemas comuns que os estudantes encontram na escola, tais como bullying, baixo desempenho acadêmico, questões da sexualidade, isolamento social e dificuldades comportamentais. A promoção da saúde também é um aspecto significativo da psicologia escolar, uma vez que os psicólogos escolares procuram abordar não apenas as necessidades intelectuais e emocionais dos alunos, mas também suas necessidades físicas.

Apesar da conotação do nome, a psicologia escolar não se preocupa apenas com crianças em idade escolar em sistemas escolares privados ou públicos. Em vez disso, os princípios da psicologia escolar podem ser aplicados a alunos de todas as idades em uma variedade de ambientes, desde centros de educação infantil e faculdades até centros de tratamento de saúde mental e estabelecimentos correcionais.

Além disso, enquanto a psicologia escolar está primariamente preocupada com questões educacionais, ela também inclui um foco em questões sociais como delinquência juvenil, violência e problemas de abuso de substâncias no ambiente familiar ou comunitário.

Outra função importante dos psicólogos escolares é consultar professores, administradores, pais e outras partes interessadas sobre o comportamento de uma criança, desempenho acadêmico ou outras questões importantes que dizem respeito à sua escolaridade. Os psicólogos escolares trabalham com as famílias para ensinar-lhes estratégias para lidar com uma série de questões, desde gerenciar o comportamento de uma criança até ajudar seu filho a melhorar suas habilidades sociais.

As consultas sobre o desempenho acadêmico também são um papel central de um psicólogo escolar e, muitas vezes, envolvem o trabalho com professores individuais para melhorar o fornecimento de informações, projetar lições e identificar estratégias para melhorar o desempenho dos alunos.

Os psicólogos escolares geralmente trabalham com outros profissionais de saúde mental na escola, para elaborar estratégias para apoiar o crescimento emocional e social dos alunos. Isso ocorre tanto no contexto da prestação de serviços para alunos com deficiência ou necessidades educacionais, como também para trabalhar com todo o corpo discente.

Psicólogos escolares devem trabalhar para a prevenção da saúde mental e social em toda a escola para prevenir o bullying, homofobia, dependência de internet e jogos eletrônicos, programas de conscientização multicultural ou fazendo ajustes no ambiente físico da escola para promover um maior envolvimento dos alunos ou implementar sistemas de apoio ao alunos.

Os psicólogos escolares também estão envolvidos na avaliação de planos e intervenções, adaptando-se quando necessário. Os psicólogos escolares podem fornecer uma ligação central entre o corpo docente, a administração da escola, os pais e as crianças para garantir que as necessidades de uma criança com autismo sejam abordadas e atendidas pelo sistema escolar.

Entre em contato comigo e agende uma entrevista:

Marina S. R. Almeida

Consultora Ed. Inclusiva, Psicóloga Clínica e Escolar

Neuropsicóloga, Psicopedagoga e Pedagoga Especialista

CRP 41029-6

INSTITUTO INCLUSÃO BRASIL

Whatsapp (13) 991773793 ou (13) 34663504

Rua Jacob Emmerich, 365 sala 13 – Centro – São Vicente-SP

CEP 11310-071

marinaalmeida@institutoinclusaobrasil.com.br

www.institutoinclusaobrasil.com.br

https://www.facebook.com/InstitutoInclusaoBrasil/

https://www.facebook.com/marina.almeida.9250

https://www.facebook.com/groups/institutoinclusaobrasil/

Atenção: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.

Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br.

Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.